Blog para evento assíncrono

O blog é interessante para um evento assíncrono em que se quer um maior tempo de reflexão, pois dá maior destaque ao texto publicado que à interação em si, por seu formato. Não impede nem restringe, no entando, essa interação a qual, dependendo de como você montar seu evento, pode ser muito viva e quente. Mesmo que você vá solicitar ao Nasnuv que monte o seu, é interessante conhecer melhor as possibilidades relativas a seu uso.

O software livre que vamos apresentar para criar um blog é o Wordpress. Ele permite dois tipos de uso: você pode instalar seu blog num servidor próprio, como fazemos no UEADSL, ou pode criar seu blog no Wordpress.com, onde o Texto Livre também tem um blog, o Blog dos Voluntários do Texto Livre.

Existem vantagens em instalar seu próprio Wordpress, mas tem custos (você precisa ter uma hospedagem e registrar um domínio) e requer um conhecimento maior do sistema para poder aproveitar de fato essas vantagens. Para a maioria de nós criar um blog no Wordpress.com é mais que suficiente e é o que vamos explicar aqui.

1) Antes de começar, escolha um nome para seu site. Pode ser o nome do evento, mas também pode ser um nome mais genérico, no qual você queira fazer várias coisas além do evento (e outros eventos). O dos voluntários usamos, por exemplo, para publicar trabalhos de alunos que pesquisaram sobre o Texto Livre ou escreveram sobre experiências no mundo livre, dentre outras coisas, em diferentes momentos.

2) acesse a página do Wordpress.com e encontre o nada discreto botão para criação do seu blog:

botão para criar blog no wordpress.com

3) Vai abrir um formulário para a criação do blog com os seguintes campos:

a) Nesse primeiro campo você deve colocar o nome que escolheu para o blog. Dica1: Como aqui o que entra é o endereço, use minúsculas, nada de acentos ou caracteres especiais e não deixe espaços em branco. Pode usar underline para os espaços se quiser. Assim que você digitar espere uns segundos para que ele verifique se o nome está disponível. Se não estiver, mude algum detalhe Dica2: Se quiser, pode comprar um domínio mais bonitinho que Wordpress.com, mas não há a menor necessidade. Para não pagar nada, deixe wordpress.com mesmo.

formulário - endereço do blog

b) O segundo campo é o nome do usuário. Quando você clica nele, ele automaticamente sugere o mesmo nome que você usou pro site, mas você pode alterar para o que quiser. Se já possui um usuário, pode usar o mesmo.

c) procure uma boa senha, usando o verificador de força da senha que ele oferece, mas pode ser a tua normal mesmo. Se for diferente, anote em algum lugar para não esquecer. repita a senha no campo seguinte.

d) o endereço de e-mail tem que ser válido e estar ativo, pois é por meio dele que você vai ativar seu blog.
 Se o e-mail já estiver cadastrado com outro usuário ou vocêdigitar um endereço errado (como ao trocar o ponto do e-mail por uma vírgula, ele te avisa.

Após preencher o formulário, clique no botão Criar blog, como na figura abaixo, a não ser que você tenha optado pela versão paga. A versão paga pode interessar a uma escola, por exemplo, dificilmente fará sentido pagar pelo blog se for uma pessoa individualmente.

Finalizar: criar blog

Agora é só ativar a conta e começar a usar seu blog. Para acessá-lo, use o endereço que você escolheu.

Existem muitos tutoriais de configuração na internet. Esse vídeo é bem passo a passo: 

Vamos ver se achamos outros e atualizamos aqui.

Dicas mais específicas podem ser encontradas na comunidade do Wordpress do Brasil: http://wp-brasil.org/. Dúvidas? Pode usar o fórum da comunidade, sempre lembrando de procurar a resposta no fórum (http://br.forums.wordpress.org/) antes de colocar a pergunta, pois se ela já estiver respondida é bem mais rápido, não?

Last modified: Friday, 6 December 2019, 10:02 AM